06 - 09 outubro 2022   
Campinas - São Paulo - Brasil   

Programação



QUINTA | 06/10 – SESC

9h às 10h – Central de Atendimento do Galpão
Credenciamento

10h às 13h – Galpão Multiuso
Curso 1 – A Ginástica para Todos é realmente para todes? Diálogos/caminhos sobre a representatividade negra
Dra. Kizzy Antualpa

10h às 13h – Ginásio
Curso 2 – Acrobacias individuais
Dr. Flavio Bessi

10h às 13h – Sala Corpo e Arte
Curso 3 – Deficiência e inclusão na GPT
Ms. Franciny dos Santos Dias e Analú Faria

10h às 11h30 – Salas de Atividades 4 e 5
Curso 4 – Como organizar um festival de Ginástica Para Todos
Daniella Pacheco e Eduardo Garcia

10h às 13h – Galpão GMF
Curso 5 – Ginástica Acrobática Familiar
Ximena Rodríguez

10h às 13h – Teatro
Curso 6 – Encontro de Coletivos
Mediadora Dra. Eliana de Toledo

13h30 às 14h30
Intervalo / Almoço

14h30 às 16h - Teatro
Sala de Imagens - Apresentação de trabalhos imagéticos

16h às 17h30 – Galpão Multiuso
Curso 7 – Ritmo e movimento
Inês Artaxo

16h às 17h30 – Ginásio
Curso 8 – Luta pela cultura que resiste: tradição indígena na GPT
Ms. Lionela da Silva Corrêa

16h às 17h30 – Galpão GMF
Curso 9 – Pedagogia em debate: a GPT aos olhos do Grupo Ginástico Unicamp (GGU)
Dr. Marco A. C. Bortoleto e Thaís Gonçalves

16h às 17h30 – Espaço Arena
Curso 10 – Diálogos interculturais entre o Parkour e a GPT: Performance artística e inclusão social
Gabriel de Andrade Novo

16h às 17h30 – Teatro
Curso 11 – Gestão na Ginástica para Todos: estratégias de ação
Dra. Michele Viviene Carbinatto

18h às 19h
Intervalo / Jantar

19h às 19h30 - Galpão Multiuso
Abertura

19h30 às 20h30 – Galpão Multiuso
Conferência de Abertura
Dra. Angela Brêtas

20h30 às 21h – Galpão Multiuso
Festival Recomeçar

21h - Jardim do Galpão
Encontro Festivo


SEXTA | 07/10 – UNICAMP

9h às 10h30 – Salas de aula da FEF/Unicamp
Comunicação Oral

10h30 às 11h
Intervalo / Café

11h às 12h30 – Auditório I - CDC Unicamp
Mesa Temática 1 - Os Caminhos Trilhados da GPT nas Américas e no Brasil
Com Dra. Evelise Amgarten Quitzau, Dra. Michele Viviene Carbinatto, Ximena Rodriguez
Mediação: Dr. Marco Antonio Coelho Bortoleto.

12h30 às 14h
Intervalo / Almoço

14h às 16h
Comunicação Oral – Salas de aula da FEF/Unicamp

16h às 16h30
Intervalo / Café

16h30 às 18h – Salão de Dança - FEF/Unicamp
Curso 12 - Processo criativo pautado na Pedagogia Freiriana
Dra. Priscila Lopes

16h30 às 18h – Ginásio – FEF/Unicamp
Curso 13 - Fitness – O 3º “F” da filosofia da GPT
Graciella Nadal

16h30 às 18h – Sala de Ginástica LABFEF – FEF/Unicamp
Curso 14 - Ginástica Para Todos para crianças e famílias
Thais Rodrigues e Thaís M. Almeida

16h30 às 18h – Sala de Lutas LABFEF – FEF/Unicamp
Curso 15 - GPT na escola
Ms. Cintia Moura

16h30 às 18h – Salas de aula da FEF/Unicamp
Curso 16 Ginástica para Todos e relações sociais: transitando entre diferença, reconhecimento e amizade
Ms. Fernanda R. Menegaldo

16h30 às 18h – Auditório III - CDC – Unicamp
Curso 17 - A colaboração do pensamento sobre o corpo no campo das Artes na Ginástica Para Todos
Ms. Renata Matsuo e Paulo Cavalcante

16h30 às 18h – Auditório II - CDC – Unicamp
Curso 18 - Aspectos Artísticos na Ginástica para Todos
Dra. Lorena Nabanete dos Reis-Furtado

16h30 às 18h – Auditório I - CDC – Unicamp
Curso 19 - Roda de Conversa
Getúlio Furtado Marinho, Me. Lionela da Silva Corrêa, Profa. Michele Oliveira
Mediação: Dra. Eliana Ayoub

18h às 20h
Intervalo / Jantar / Deslocamento para Sesc

20h às 21h30 – Galpão Multiuso Sesc
Festival Reviver


SÁBADO | 08/10 – SESC

9h30 às 12h30 – Ginásio
Curso 20 – Bioginástica: Preparação física, qualidade de vida e consciência corporal.
Tiago Haddad

9h30 às 12h30 – Galpão Multiuso
Curso 21 – Se achegue para brincar nesse terreiro: Cultura Popular e Ginástica para Todos em diálogos e processos de ressignificações
Dra. Andresa de Souza Ugaya

9h30 às 12h30 – Sala Corpo e Arte
Curso 22 – GPT Ação e Movimento para os Idosos
Ms. Henrique Sanioto

9h30 às 11h – Sala de atividade 4 e 5
Curso 23 – Os Estilos de Ensino na prática pedagógica da GPT
Dra. Mariana Harumi Cruz Tsukamoto

11h às 12h30 – Sala de atividade 4 e 5
Curso 24 – Estratégia Pedagógica para a construção coreográfica coletiva: a soma das frases motoras
Dra. Daniela Bento-Soares

9h30 às 12h30 – Galpão GMF
Curso 25 – Desenhos coreográficos na Ginástica Para Todos
Ms. Maria Teresa Bragagnolo Martins

9h30 às 11h – Teatro
Curso 26 – Roda de conversa
Alessandra Galvão; Dra. Lorena N. dos Reis-Furtado; Valéria Maria Gonçalves 
Mediação: Dr. Marcus Vinícius P. Ambrósio

9h30 às 12h30 – Minicampo
Curso 27 – Ginástica na República Tcheca: A experiência da SOKOL
Ms. Martin Chlumsky

12h30 às 14h30
Intervalo / Almoço

14h30 às 15h – Galpão Multiuso
Lançamento de livros

15h às 16h30 – Galpão Multiuso
Mesa Temática 2 - Coletivos em Movimento: Perspectivas de Formação na GPT

16h30 às 17h – Área de Convivência
Café e Sessão de autógrafos

17h às 17h30 – Galpão Multiuso
Celebrando 20 anos do FIGPT

17h30 às 18h30 – Galpão Multiuso
Conferência de encerramento
Dr. Udo Merkel

18h30 às 20h
Intervalo / Jantar

20h às 21h30 – Galpão Multiuso
Festival Ressoar


DOMINGO | 09/10 – SESC

10h às 11h30 – Galpão Multiuso
Festival Reencontrar 1

13h30 às 14h30 – Galpão Multiuso
Festival Reencontrar 2

15h30 às 16h30 – Galpão Multiuso
Festival Reencontrar 3



EMENTAS DOS FESTIVAIS



Festival Recomeçar

No dia de abertura, a proposta é de um Festival que tenha como ponto de partida o “Recomeçar” (dar início, principiar). Neste espaço, haverá a apresentação dos trabalhos de Ginástica para Todos (GPT), desenvolvidos por grupos convidados, que possuem um histórico de pesquisa e prática, e que vão “recomeçar” a GPT nos Festivais do Fórum. 


Festival Reviver

Reviver provém do latim vivere ('viver, estar em vida'), do verbo vivo. Neste Festival, acontece o espaço para apresentação dos trabalhos de experimentação em Ginástica para Todos (GPT) desenvolvidos em âmbito escolar e universitário, a fim de ampliar e estimular a prática da modalidade, mostrando como é possível “reviver” a GPT. 


Festival Ressoar

Ressoar é um verbo que indica soar com força; retumbar, ecoar. Também pode significar entoar ou fazer soar. Esse festival traz um espaço para compartilhar trabalhos de Ginástica para Todos (GPT) que são desenvolvidos em clubes, academias, associações e grupos autônomos que evidenciam como a GPT pode “ressoar” de maneiras tão distintas, trazendo novas tendências e formas de expressão. 


Festival Reencontrar

Reencontrar, encontrar novamente, reencontrar-se, redescobrir-se. Nada mais significativo na GPT que o encontro e o reencontro. Neste momento de encerramento e de despedida, este festival busca reafirmar a magia do encontro e a beleza do reencontro, com a presença de clubes, academias, associações, escolas, universidades e grupos autônomos.



EMENTAS E MINIBIOGRAFIAS - CONFERÊNCIAS, MESAS, RODAS DE CONVERSA, CURSOS E PALESTRAS



Conferência de Abertura

Angela Brêtas

Doutora em Educação pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), Mestre em Educação pela Universidade Federal Fluminense (UFF), graduada em Educação Física pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) e especialista em Psicomotricidade pela Universidade Estácio de Sá. Desenvolve pesquisas na área da História da Educação Física e do Lazer discutindo, mais especificamente, o lazer operário na primeira metade do século XX. É Professora Associada da Escola de Educação Física e Desportos da Universidade Federal do Rio de Janeiro, e foi Vice-diretora dessa mesma unidade acadêmica. É Coordenadora do Grupo ESQUINA: Cidade, Lazer e Animação Cultural, sediado na EEFD/UFRJ, desenvolve projetos de extensão da área do lazer e envelhecimento, além de coordenar projeto de extensão de Educação Física na EJA. Tem experiência na área de Educação Física atuando principalmente nos seguintes temas: lazer, ludicidade, cinema, prevenção de quedas de adultos e idosos, e relação entre educação física e educação de jovens e adultos.


1 - A Ginástica para Todos é realmente para todes? Diálogos/caminhos sobre a representatividade negra - Galpão Sesc

Ementa: Claramente, a GPT é uma prática que incentiva e impulsiona novos olhares de caráter sócio-político-cultural, no entanto, ao observarmos os grupos, somos atravessados por alguns questionamentos: Quem são e como são compostos os grupos que participam da GPT no Brasil? A GPT está, de fato, difundida para diferentes comunidades? Quais são os personagens presentes nesta prática? Nesta perspectiva, compreendendo a trajetória histórica da Ginástica, este curso tem como objetivo discutir/problematizar sobre o lugar do negro nesta prática “para todos”, a partir do olhar sobre a representatividade negra.

Dra. Kizzy Antualpa

Docente na Universidade Federal da Bahia (UFBA) – Faculdade de Educação – Departamento III/Educação Física (FACED/UFBA).  Doutora em Ciências pela Escola de Educação Física e Esporte da Universidade de São Paulo (EEFE/USP).  Mestra em Educação Física pela Universidade Estadual de Campinas (FEF/UNICAMP). Graduada em Educação Física pela Universidade Estadual de Campinas (FEF/UNICAMP).  Coordenadora do Grupo de Estudos em Ginástica da UFBA (GEGINBA). Membro dos grupos de pesquisa GPG/UNICAMP, LAPEGI/FCA UNICAMP, LAPE/UFRJ, Núcleo Motris/UFBA e GEPPET/UFBA. Mãe de Rafael e Caio. 


2 – Acrobacias individuais “para Todos” – Ginásio Sesc

Ementa: A acrobacia representa um componente fundamental da ginástica contemporânea. Nessa oficina realizaremos uma breve introdução teórica sobre os principais aspectos para o ensino seguro das acrobacias; bem como atividades práticas com base numa metodologia progressiva que facilite a compreensão e a aprendizagem dos movimentos, passando pelos domínios das partes críticas até alcançar a execução completa. 

Dr. Flavio Bessi 

Chefe do Departamento de Ginástica do Instituto de Esportes e Ciências do Esporte da Universidade de Freiburg. Especialista do COI na Solidariedade Olímpica, da FIG na International Coach Academy e da Confederação Olímpica e de Esportes em projetos de ajuda internacional. Membro para formação e treinamento de treinadores no Comitê Técnico de Ginástica Artística da Federação Alemã de Ginástica. 


3– Deficiência e inclusão na GPT - Sala Corpo e Arte Sesc

Ementa: A Ginástica para Todos contribui para termos acesso a uma prática que preze pela democracia, possibilitando trabalhar de forma inclusiva. Por meio da GPT o curso intitulado “Deficiência e Inclusão na GPT” propõe diferentes adaptações no que diz respeito ao processo de ensino e aprendizagem da ginástica para pessoas com deficiência física e intelectual. Além disso fomentar os aspectos criativos nos processos coreográficos.

Ms. Franciny Dias

Bacharela e Mestra em Educação Física pela Universidade Federal do Espírito Santo (2017/2019), licenciada em Educação Física pelo Centro Universitário Claretiano (2021). Atuou como Docente na Associação Vitoriana de Ensino Superior – IESFAVI, ministrando a disciplina de Ginástica Artística, como professora de dança para pessoas com deficiências múltiplas na Associação Pestalozzi da Cidade de Jaguaré/ES e como treinadora de Ginástica Rítmica no Saltare: Ginástica e Dança na cidade de São Mateus/ES. Em 2022 iniciou seu doutoramento em Educação Física, pela Faculdade de Educação Física da Universidade de Campinas- FEF/UNICAMP. Atualmente segue como pesquisadora pelo Laboratório de Pesquisas e Experiências em Ginástica - LAPEGI. 


4 – Como organizar um festival de Ginástica Para Todos - Salas de Atividades 4 e 5 Sesc

Ementa: No curso serão apresentadas as informações básicas para organização de Festivais de Ginástica Para Todos, norteados pelos eixos: planejamento, acompanhamento, execução e avaliação.

Eduardo Garcia

Licenciatura / Bacharel em Educação Física, Supervisor de Esportes do Sesc Sorocaba

Daniella Luiza M. Boro Pacheco

Graduada em Educação Física, atua no Sesc há 33 anos e atualmente integra a equipe de educadores em atividades físico esportivas da unidade Piracicaba. Especialista em Pilates e trabalho com idosos, é também uma das pioneiras na organização e realização do Festival de Ginástica no Sesc Piracicaba.


5 – Ginástica acrobática Familiar - Galpão Sesc

Ementa: Workshop baseado nos elementos mais básicos da ginástica acrobática que, pela sua simplicidade, podem ser trabalhados por pessoas sem experiência em ginástica. Por meio da prática de exercícios em duplas, melhora-se a confiança entre os participantes e a capacidade de assumir a responsabilidade por um resultado que exige trabalho em equipe. Com treinos e criação de coreografias, os laços de afeto entre os participantes são fortalecidos, alcançando efeitos de grande emoção.

Ximena Rodríguez

Graduada em Interpretação Musical e Especialização da Academia da FIG nível 3. Atualmente é Professora e Técnica de Ginástica Artística no Grupo Estádio Italiano, em Santiago do Chile. Chefe da delegação chilena nas Gymnestradas Mundiais em Lisboa 2003, Dornbirn 2007, Lousanne 2011, Helsinki 2015 e Dornbirn 2019. Colaborou como coreógrafa na abertura e encerramento da Noite de PaGU em Lousanne, Helsinki e Dornbirn. Coreógrafa da equipe chilena convidada para 3 FIG Galas, referência nas apresentações de encerramento das Gymnaestradas Mundiais.


6 - Encontro de Coletivos – Teatro Sesc

Ementa: Esta é a quarta edição deste encontro que objetiva constituir e consolidar uma rede de contatos e interesses, a partir da troca de saberes e experiências na área da GPT, com a apresentação de coletivos (grupos), e debate de temas emergentes (em nível local e nacional), com vistas à proposição de iniciativas em prol do desenvolvimento da prática. Maiores informações no link: https://www.forumgpt.com/2022/encontro-de-coletivos.php

Coordenação: Dra. Eliana de Toledo

Licenciada em Educação Física e Graduada em Treinamento em Esportes pela FEF/Unicamp, onde também concluiu seu mestrado. Doutora em História pela PUCSP, e pós doutora no CERU – Centro de Estudos Rurais e Urbanos – FFLCH/USP. Membro fundadora e ainda atuante no Grupo de Pesquisa em Ginástica (FEF/Unicamp), e líder do LAPEGI – Laboratório de Pesquisas e Experiências (FCA/Unicamp). Docente do curso de Ciências do Esporte (FCA/Unicamp) e do Programa de Pós-graduação em Educação Física (FEF/Unicamp). Atua também como coordenadora do Comitê de GPT da Federação Paulista de Ginástica.


7 - Ritmo e Movimento - Galpão Sesc

Ementa: O curso visa mostrar a importância do ritmo agregado ao movimento como conscientização corporal. Utilizaremos pulso, compassos, frases musicais através de exercícios e jogos rítmicos, explorando o lúdico e a percussão corporal. Percepção do ritmo individual e grupal trabalhando os aspectos rítmicos em compassos binários, ternários e quaternários juntamente com seus diferentes andamentos.

Inês Artaxo

Arte-educadora e pesquisadora das artes do movimento. Educadora Física e Pedagoga como formação. Pós-graduada em Dança. Professora do conteúdo de Educação Rítmica Corporal e Abordagens Corporais Terapêuticas da Universidade Estácio de Sá. Professora Universitária durante 35 anos. Coordenadora do curso de Pós-graduação em Dança e Consciência Corporal da Estácio de Sá.


8 - Luta pela cultura que resiste: tradição indígena na GPT – Ginásio Sesc

Ementa: Refletir sobre as lutas e resistências dos povos indígenas no Brasil. Apresentar movimentos dos povos originários, utilizados em diferentes celebrações indígenas. Correlacionar os movimentos das danças indígenas com os movimentos utilizados no boi-bumbá amazônico (mais especificamente as de arena). Mostrar como os movimentos das danças indígenas, que também são utilizadas na arena do boi-bumbá, podem se entrelaçar com elementos gímnicos e constituírem as composições coreográficas de Ginástica para Todos - GPT.

Ms. Lionela da Silva Corrêa 

Possui graduação em Licenciatura Plena em Educação Física pela Universidade Federal do Amazonas – UFAM. Mestre em ciências da Saúde pela UFAM, doutoranda da Escola de Educação Física e Esporte – EFEE da Universidade de São Paulo – USP, membro do Grupo de Estudos e Pesquisa em Ginástica da USP - GYMNUSP. Docente do quadro efetivo da Faculdade de Educação Física e Fisioterapia – FEFF/UFAM, coordenadora do Programa de dança, atividades circenses e ginástica – PRODAGIN. 


9 – Pedagogia em debate: a GPT aos olhos do Grupo Ginástico Unicamp (GGU) - Sala Corpo e Arte Sesc

Ementa: Por mais de três décadas o Grupo Ginástico Unicamp (GGU) vem desenvolvendo sua proposta pedagógica para a Ginástica para Todos (GPT), combinando o estudo científico realizado pelo Grupo de Pesquisa em Ginástica (GPG - FEF/UNICAMP) com a dinâmica cotidiana de um grupo universitário e suas múltiplas experiências (festivais, oficinas, viagens, etc.). Desse modo, discutiremos algumas das particularidades desta perspectiva pedagógica, incluindo o fomento à participação ativa e coletiva, a busca pela autonomia individual e grupal, formas criativas de incorporar implementos às composições coreográficas, o reconhecimento da cultural local e o diálogo com outras expressões culturais e, por fim, o fortalecimento da diversidade em todas as suas dimensões (éticas, estéticas, técnicas e culturais).

Dr. Marco A. C. Bortoleto

Professor doutor da Faculdade de Educação Física da UNICAMP; membro do Grupo de Pesquisa em Ginástica (GPG) e ex-coordenador do Grupo Ginástico Unicamp (GGU) entre 2006-2019. Membro do Comitê de GPT da Federação Internacional de Ginástica (FIG) e Presidente da Comissão de Educação da FIG. Pesquisador da GPT, autor de diversos trabalhos científicos e didáticos no assunto. 

Thaís Cristina Gonçalves

Formada em bacharelado e licenciatura em Educação Física pela UNICAMP e integrante do Membro do Grupo Ginástico Unicamp desde 2005. Ex-ginasta e treinadora de Ginástica Rítmica desde 2008 atuando em clubes e escolas da iniciação ao alto rendimento. Membro da Confederação Brasileira de Ginástica Estética de Grupo. Fez capacitação com a Life Skill Brasil para incluir o desenvolvimento positivo de jovens nas aulas e o desenvolvimento de habilidades para vida. 


10 - Diálogos interculturais entre o Parkour e a GPT: Performance artística e inclusão social – GMF Sesc

Ementa: Desde seu início as Disciplinas do Deslocamento conquistaram seu espaço dentro do ambiente performático, apresentando movimentos distintos do padrão e trabalhando com os limites sociais impostos pela nossa comunidade. Em específico, a cultura apresentada pela Arte do Deslocamento demonstra uma possibilidade de empoderamento através do movimento, transformando não apenas o corpo, mas também a mente de seus praticantes, sendo uma ótima ferramenta para enriquecer a cultura gímnica e mostrar outras formas de enxergar o mundo quando estamos em diálogo.

Gabriel Andrade Novo

Bacharel em Ciências do Esporte pelas Faculdade de Ciências Aplicadas da Unicamp e atual representante da ADD Academy no Brasil, Gabriel de Andrade Novo esteve trabalhando nos últimos anos na expansão da Cultura do Deslocamento e no empoderamento dos praticantes e profissionais relacionados com a prática da Arte do Deslocamento (ADD) na América Latina, buscando estimular, promover e organizar as Disciplinas do Deslocamento, representando aqui as três vertentes: a Arte do Deslocamento, Freerunning e Parkour. Dentre as diversas atividades já realizadas desde 2015 por meio de pesquisas, oficinas, encontros e seminários, temos como marcos temporais o intercâmbio e realização do curso de primavera na Gymnastikhøjskolen i Ollerup na Dinamarca, o qual trouxe uma formação com especialidade na temática de Parkour e liderança não-governamental, além da participação na diretoria da Associação de Parkour do Interior de São Paulo - In Flow (2017-2021) e na Organização das Disciplinas do Deslocamento de São Paulo - ODDSP (2021-2022). Atualmente vem trabalhando em conjunto com a Academia Fly Parkour em Goiânia, Goiás, na expansão desta cultura e preparação de novos profissionais para atuarem na área.


11 - Gestão na Ginástica para Todos: estratégias de ação – Teatro Sesc

Ementa: O curso apresentará a organização federativa da ginástica para todos, em diferentes níveis (estadual, nacional e internacional), para efetivação de ações estratégicas para o desenvolvimento da GPT, com base nas produções acadêmicas e na experiência. Indicará fluxograma de participação e/ou organização de eventos nacionais e internacionais, bem como a oficialização da GPT no Sistema de Gestão da CBG.

Dra. Michele Viviene Carbinatto

Licenciada e Bacharel em Educação Física pela UNICAMP. Docente na graduação e pós-graduação da Escola de Educação Física e Esporte da USP. Orienta mestrado e doutorado na EEFE/USP. Líder do Grupo de Estudos e Pesquisa em Ginástica - GYMNUSP. Coordena o Comitê de Ginástica para Todos da Confederação Brasileira de Ginástica (CBG) desde 2013.


12 - Processo criativo pautado na pedagogia freiriana - Ginasinho FEF/Unicamp

Ementa: O curso tem como intenção partilhar experiências com a pedagogia freiriana desenvolvidas no contexto da linguagem corporal. Discutiremos formas de trabalhar com processos criativos em GPT impulsionados pela problematização de temas emergentes na atualidade e caminhos para transformação das temáticas em experimentações gímnicas, almejando uma composição coreográfica. Tal proposta tem o intuito de estimular o protagonismo e autonomia dos sujeitos envolvidos, possibilitando o aumento dos níveis de criticidade a partir da leitura de mundo e da construção do conhecimento de forma dialógica.

Dra. Priscila Lopes 

Doutora em Educação Física pela EEFE-USP, Docente do Departamento de Educação Física da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM), Líder do Grupo de Estudos e Práticas das Ginásticas (GEPG), Coordenadora do Projeto de Extensão Grupo de Ginástica de Diamantina (GGD). 


13- Fitness – O 3º “F” da filosofia da GPT - Salão de Dança – FEF/Unicamp

Ementa: Vamos entender como aplicar a preparação física geral e específica nas aulas de ginástica para todos. Dentro da filosofia da prática da GPT, utilizando o peso do corpo e materiais simples, vamos entender como inserir os exercícios de força, flexibilidade, resistência muscular localizada e resistência aeróbia em nossas aulas, para preparar o nosso aluno para a realização dos fundamentos ginásticos.

Graciella Nadal 

Formada em Educação Física pela UEPG - Universidade Estadual de Ponta Grossa, especialista em Ginástica Rítmica pela UNOPAR - Universidade Norte do Paraná. É membro do comitê técnico de Ginástica Para Todos da Federação Paranaense de Ginástica. Trabalha com ginástica rítmica competitiva desde 2002, e ginástica para todos desde 2012. Participou das Gymnaestradas de 2015 e 2019 com o Grupo Get Flex. Em 2021 participou do curso “Fundamentos da Ginástica” promovido pela Federação Internacional de Ginástica em Managua – Nicarágua, e agora vem compartilhar esse conhecimento com todos.


14 - GPT para crianças e famílias - Sala de Ginástica LABFEF – Unicamp

Ementa: O curso oferece uma proposta que visa apresentar possibilidades e estratégias para a construção de aulas de ginástica para crianças e famílias de forma lúdica, criativa, observando os aspectos de segurança, favorecendo assim, a integração e o interesse pela prática da ginástica, oportunizando um ambiente de troca e compartilhamento entre os participantes.

Thais Cristina dos Santos Rodrigues

Educadora em atividades físico-esportivas do SESC Belenzinho. Licenciada e Bacharel em Educação Física. Pós-graduada em Dança e consciência corporal. Professora de Yoga para crianças. Trabalha com a modalidade de Ginástica para Todos desde 2014.

Thaís Aparecida de Moura Almeida

Educadora em atividades físico-esportivas no Sesc Belenzinho. Graduada em Educação Física Bacharel e Licenciatura. Pós-graduada em Educação Física Escolar e Psicomotricidade. Professora efetiva da Rede Estadual de Ensino de São Paulo.


15- GPT na Escola - Sala de Lutas LABFEF – Unicamp 

Ementa: Segundo a Base Nacional Comum Curricular, a disciplina de Educação Física Escolar é composta pelos diversos temas da cultura corporal: os jogos, as danças, os esportes, as lutas e as ginásticas. No que se refere às ginásticas, a Ginástica Para Todos (GPT) apresenta como princípios, segundo Souza (1997), o trabalho em grupo, o bem-estar, o respeito, a união, o lúdico e o prazer pela prática. Além disso, o caráter não competitivo e que privilegia a demonstração e a participação de todos possibilita cenários propícios e convidativos ao ambiente da escola. Neste curso, iremos compartilhar possibilidades de abordagens no universo da GPT para o ambiente escolar.

Ms. Cintia Moura 

Graduação em Bacharel e Licenciatura em Educação Física pela Universidade Estadual de Campinas (2005). Especialização em "Gestão em Qualidade de Vida na Empresa" pela Faculdade de Educação Física - UNICAMP. Mestre na área de Educação Física, Adaptação e Saúde, na Faculdade de Educação Física - UNICAMP. Intercâmbio Educacional na The International Youth Leader Education. Gymnastik Hojskolen Ollerup, OLLERUP, Dinamarca. Experiência profissional na área escolar (educação infantil, ensino fundamental e médio) há mais de 20 anos. No ensino superior, atuei como professora das disciplinas de Ginástica, Dança, Expressão Corporal e Arte para os cursos de Educação Física e Pedagogia, e como coordenadora de curso. Proprietária da Academia de Ginástica e Circo, TendaGym. 


16 - Ginástica para Todos e relações sociais: transitando entre diferença, reconhecimento e amizade - Salas de aula – Unicamp

Ementa: Não apenas a Federação Internacional de Ginástica (FIG), mas também professores, pesquisadores e outros agentes envolvidos com a Ginástica para Todos (GPT) mencionam, recorrentemente, seus benefícios atrelados a socialização. Neste curso, a partir de pressupostos da Praxiologia Motriz e de teorias sociais que versam sobre as condições para cultivo e manutenção de relações sociais em nosso tempo, discutiremos as particularidades da GPT que podem potencializar a construção de vínculos, além de abordar diferentes relações sociais que emergem dos contextos de desenvolvimento desta prática gímnica.

Ms. Fernanda Menegaldo

Doutoranda em Educação Física pela Universidade Estadual de Campinas (FEF-Unicamp), com estágio no exterior no Instituto Nacional de Educació Física de Catalunya (INEFC) da Universitat de Barcelona. Mestra e graduada (Bacharelado e Licenciatura) pela FEF-Unicamp. Membro do Grupo de Pesquisa em Ginástica (GPG-Unicamp) e do Grupo de Estudos Praxiológicos (GEP-UFSM). Fez parte do Grupo Ginástico Unicamp (2012-2020). Foi ginasta (2000-2007), árbitra (2009-2016) e treinadora de Ginástica Rítmica. Desenvolve pesquisas na área da Ginástica, com aportes teóricos da Praxiologia Motriz e das Ciências Sociais. Foi docente do curso Educação Física da Faculdade de Americana (FAM) e atualmente, é docente no curso de Educação Física da Fundação Hermínio Ometto – Uniararas.


17 - A colaboração do pensamento sobre o corpo no campo das Artes na Ginástica Para Todos. - CDC – Unicamp

Ementa: Curso teórico-prático onde será proposto pensar como algumas técnicas e práticas de educação somática, preparação corporal para a cena e pensamentos sobre o corpo em relação, experiência e presença, podem colaborar e dialogar com as metodologias de trabalho desenvolvidas por cada profissional na condução da prática de Ginástica Para Todos, e assim pensar o encontro dos campos do conhecimento das Artes, Pesquisa e Educação Física.

Ms. Renata Frazão Matsuo

Graduada em Educação Física pela Universidade São Judas Tadeu (2003). Especialização em Fisiologia do Exercício pela Unifesp (2004). Mestrado em Educação Física na Universidade São Judas Tadeu (2007). Doutoranda do Programa Mudança Social e Participação Política (PROMMUSP) da (EACH-USP). Pesquisadora e co-coordenadora do Grupo de Estudo e Pesquisa ECOAR - Estudos em Corpo e Arte na EACH-USP. Docente e coordenadora da escola de danças Grand Petit. Docente na Universidade Paulista (UNIP) e Faculdade Flamingo, nas disciplinas de Ritmo e Dança, Metodologia da Pesquisa e Ginástica.

Paulo Henrique Cavalcante

Animador Cultural do Sesc SP. Mestrando do programa de Mudança Social e Participação Política da EACH/USP. Especialista em Corpo: dança, teatro e performance pela Escola Superiora de Artes Célia Helena. Graduado em Educação Física pela UNICAMP. Participou do programa "International Sports Leader Education" na Dinamarca. Ex-membro do Grupo Ginástica da Unicamp – GGU. Membro do grupo de pesquisa ECOAR, Estudos em Corpo e Arte na EACH-USP.


18 - Aspectos Artísticos na Ginástica para Todos - CDC – Unicamp

Ementa: O curso trabalhará os aspectos relevantes para as composições coreográficas de GPT, no que diz respeito ao seu caráter artístico, desde a escolha e exploração da música e tema (ritmo, dinâmica, caráter, ideia-guia); variedade do trabalho coletivo e expressão corporal, por meio do reconhecimento da intensidade dos movimentos. O curso será teórico e trará uma abordagem por meio de exemplos práticos para a compreensão de sua aplicação no cotidiano de grupos de GPT.

Dra. Lorena Nabanete dos Reis-Furtado

Doutora pela Escola de Educação Física e Esporte da USP, na linha de Estudos Socioculturais e Comportamentais da Educação Física e Esportes (2016-2020), possui Mestrado em Educação Física (2011) pelo programa associado UEM/UEL, na linha de Formação e Intervenção em Educação Física, Especialização em Ginástica Rítmica pela Universidade Norte do Paraná (2006), graduação em Educação Física pela Universidade Estadual de Maringá (2004). Participou de estudos na Gymnastikhojskolen i Ollerup, na Dinamarca (2005). Líder do Grupo de Estudos em Ginástica e Coordenadora do Grupo de GPT Gymnarteiros da Universidade Federal do Ceará e membro do Grupo de Estudos e Pesquisa em Ginástica da USP (GYMNUSP). Atualmente é professora do instituto de Educação Física e Esportes da Universidade Federal do Ceará (UFC) e ministra aulas de Introdução à Ginástica, Ginástica 1 e 2, Ginástica Escolar, Ginástica Rítmica e Ginástica Artística. Presidente da Federação Cearense das Ginásticas (FCG) e árbitra internacional de ginástica rítmica. Tem experiência na área de Educação Física, com ênfase em Estudos da Ginástica, atuando principalmente nos seguintes temas: Ginástica; Pedagogia do Esporte; Formação de atletas; Formação Competitiva de jovens atletas; Iniciação esportiva.


19 – Roda de Conversa - CDC – Unicamp

Ementa: As últimas décadas mostram uma crescente e diversificada capilarização da Ginástica para Todos (GPT) em programas socioeducativos, incluindo ações realizadas por ONGs, escolas, universidades, clubes desportivos, dentre outras organizações. Nesta roda de conversa pretendemos debater algumas destas possibilidades, destacando suas particularidades e o impacto que as mesmas têm produzido em seus contextos. De modo específico, experiências recentes do SESC-SP bem como de grupos universitários da UFAM e da UFVJM serão apresentadas, visando disparar diálogos e reflexões.

Palestrantes:
Dra. Priscila Lopes 
Getúlio Furtado Marinho  
Ms. Lionela da Silva Corrêa 
Mediação:
Dra. Eliana Ayoub 


20 - Se achegue para brincar neste terreiro: Culturas Populares e Ginástica para Todos em diálogos e processos de ressignificações - Galpão Sesc

Ementa: Este curso convida vocês para dialogar e discutir sobre a presença das expressões das culturas populares brasileiras nos processos criativos em Ginástica para Todos. Qual tem sido a contribuição da GPT para a valorização destas expressões? Há uma preocupação com as comunidades detentoras destes conhecimentos? Os processos criativos têm priorizado um estudo profundo destas expressões ou só produzido mais uma apresentação “para turista ver”? Iremos abordar a perspectiva colonizadora presente na GPT em relação às culturas populares e buscaremos apresentar caminhos para possíveis ressignificações.

Dra. Andresa de Souza Ugaya

Graduação, especialização, mestrado e doutorado pela Faculdade de Educação Física da Universidade Estadual de Campinas, Unicamp. É docente do Departamento de Educação Física da Faculdade de Ciências da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. É supervisora do Programa de Mestrado Profissional em Rede (ProEF) e vice-supervisora do Núcleo Negro para Pesquisa e Extensão (NUPE). Preside o Comitê de Ação Cultural (CAC). Coordena o Laboratório de Corporeidade, Cultura e Arte (LACCA) e o grupo cultural Pavio de Candieiro. Participa do grupo Batuque das MariA. Organizadora dos eventos Café Ancestral e África Que Soma. É membra da Associação Brasileira dos/as Pesquisadores/as Negros/as (ABPN) e da Associação Nacional de Pós-graduação e Pesquisa. Membra do Conselho Municipal de Políticas para as Mulheres e do Conselho de Alimentação Escolar. É artista-brincante, capoeira, mãe do Acauã.


21 - Bioginástica: Preparação física, qualidade de vida e consciência corporal – Ginásio Sesc

Ementa: Serão apresentados os princípios da Bioginástica, método criado pelo Mestre Orlando Cani e fundamentado no Yoga, Tai Chi Chuan, Kempô e expressão corporal. A Bioginástica ajuda a desenvolver força, flexibilidade, equilíbrio e agilidade de forma espontânea e criativa. Através de uma movimentação fluida e dinâmica, traz uma abordagem de treinamento com foco na consciência corporal, na concentração e no controle da respiração para buscar o desenvolvimento das valências físicas e motoras.

Tiago Haddad

Tiago Haddad é professor de Educação Física formado pela UFRJ e pós-graduado em Fisiologia do Exercício. Possui formação em Hatha Yoga, Bioginástica e Tai Chi Chuan. Atuou em diversas academias e realizou trabalhos de preparação física de equipes esportivas, atletas, lutadores e grupos teatrais. É docente em cursos e palestras sobre a Bioginástica em eventos e congressos.


22 - GPT Ação e Movimento para Idosos - Sala Corpo e Arte Sesc

Ementa: Com embasamentos teóricos, práticos e com recursos áudio visuais de forma dinâmica, este curso ensina os profissionais da área a trabalhar com a melhor idade. Teremos como base pedagógica destacar a importância da atividade Lúdica no processo ensino aprendizagem de coreografias com o intuito de educar brincando; através do lúdico. O curso visa estimular os participantes por meio da recreação, do brincar e do lúdico potencializando o desenvolvimento neurológico, físico, psíquico e social.

Ms. Henrique Sanioto

Consultor, Empresário, Professor Universitário na UNIARA, Mestre em Pedagogia do Movimento pela UNICAMP; Pedagogo e Educador Físico, pós-graduado nos Estados Unidos e Cuba. Representou o Brasil em diversos países como: Alemanha, Suécia, Porto Rico, Portugal, Espanha, Áustria, Suíça, Finlândia e Itália. Coordenador de Recreação e Lazer do Clube Náutico de Araraquara, Técnico do Projeto de Ginástica Para Todos “GPT” da Melhor Idade da Fundesport. Professor do Colégio Natureza, Integrante do Comitê de GPT da Federação Paulista de Ginástica e do Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Infância, Família e Escolaridade do Departamento de Psicologia da Educação do Programa de Pós-graduação da UNESP de Araraquara.


23 - Os estilos de ensino na prática pedagógica da GPT - Sala de atividade 4 e 5 Sesc

Ementa: O presente curso buscará promover a reflexão sobre os estilos de ensino e de suas interrelações com a prática pedagógica da GPT. A partir de casos pré-elaborados e/ou situações trazidas pelos participantes, todos serão convidados a exercitar a utilização de alguns estilos de ensino que fazem parte do espectro. Esperamos que a partir dessa experiência, os presentes possam levar para a sua prática profissional - seja ela com GPT ou com outras modalidades da cultura corporal de movimento – o reconhecimento da importância de se tomar consciência sobre a trilha de escolhas que está por trás de cada estilo e as repercussões de tais escolhas para a formação dos alunos/praticantes e para o programa desenvolvido.

Dra. Mariana Harumi Cruz Tsukamoto

Possui doutorado em Ciências pela Universidade de São Paulo - Escola de Educação Física e Esporte (2012), mestrado em Educação Física pela Universidade de São Paulo (2004) e graduação em Bacharelado em Esporte pela Universidade de São Paulo (2000). Atualmente é professora do curso de graduação em Educação Física e Saúde da Escola de Artes, Ciências e Humanidades da Universidade de São Paulo e do programa de pós-graduação em Língua, Literatura e Cultura Japonesa (FFLCH-USP). Tem experiência na área de Educação Física e Esporte, atuando principalmente nos seguintes temas: pedagogia do esporte, formação e atuação profissional, ginástica e artes marciais.


24 - Estratégia Pedagógica para a Construção Coreográfica Coletiva: a Soma de frases motoras - Sala de atividade 4 e 5 Sesc

Ementa: Neste minicurso teórico-prático, participantes e palestrante irão discutir a criação coreográfica coletiva e seu espaço na Ginástica para Todos, experimentando o método proposto por Paoliello e colaboradores/as (2014). Serão realizadas as seguintes etapas: breve discussão teórica e contextualização da composição coreográfica na Ginástica para Todos e apresentação e experimentação prática do método de construção coreográfica coletiva (PAOLIELLO et al., 2014).

Dra. Daniela Bento-Soares

Doutora em Educação Física pela Faculdade de Educação Física da Universidade Estadual de Campinas (FEF-UNICAMP), com período de Estágio Sanduíche na Cardiff Metropolitan University, financiado pela CAPES (Edital 19 - PDSE). Mestra em Educação Física e graduada em Educação Física (modalidades bacharelado e licenciatura) pela mesma instituição. Membro do Grupo de Pesquisa em Ginástica - GPG, da FEF-Unicamp, do Grupo de Pesquisa Ginástica em Diálogo - LAPEGI, da FCA-Unicamp e líder do Grupo de Estudos em Atividades Gímnicas e Rítmicas - AGIR, do Centro Universitário UniEduk. Docente do Centro Universitário UniEduk e docente substituta da Unesp - Campus Rio Claro (2019 - atual). É docente permanente credenciada no Programa de Mestrado Profissional em Educação Física em Rede Nacional (ProEF) como professora e orientadora de Mestrado Profissional. Estuda e pesquisa nas áreas de Ginástica, Ginástica para Todos, Formação de Professores(as) e Treinadores(as) e Teoria Histórico-Cultural. Apaixonada por Ginástica, pessoas e relações sociais!


25 - Desenhos coreográficos na Ginástica para todos. – GMF Sesc

Ementa: O curso pretende oferecer a teoria e prática do desenvolvimento de desenhos coreográficos na GPT. Para isso será abordado um breve conceito da GPT, a organização e desenvolvimento da sequência ginástica e a utilização do espaço nos desenhos coreográficos.

Ms. Maria Teresa Bragagnolo Martins

Coordenou o Grupo de Ginástica para Todos da FEFISA por 20 anos. Integrante do Grupo Abaré de GPT, participou de cinco Ginastradas Mundiais.


26 – Roda de Conversa – Teatro Sesc

Ementa: Nessa roda, nossas convidadas irão debater o desenvolvimento da GPT, transitando pelas experiências da Federação Cearense de Ginástica, da Gerência de Educação Física e Esporte (GEFESP) da Fundação CASA e, nas múltiplas ações da Gerência de Desenvolvimento Físico Esportivo GDFE) do SESC-SP; ampliando o diálogo com outras possibilidades que estão configurando-se nas mais distintas organizações socioeducacionais brasileiras. 

Palestrantes: 
Dra. Lorena Nabanete dos Reis Furtado
Valéria Maria Gonçalves 
Alessandra Galvão 
Mediação:
Dr. Marcus Vinícius Ambrósio 


27 – Ginástica na República Tcheca: A experiência da SOKOL – Teatro Sesc

Ementa: Esse curso será dividido em duas partes, uma parte teórica e outra prática. Na parte teórica, os participantes mergulharão no excitante mundo das apresentações tradicionais de grandes grupos na sociedade Tcheca conhecidos como "Slet". O primeiro Slet aconteceu em 1882 em comemoração ao vigésimo aniversário da Sokol na cidade de Praga. Até hoje, foram realizadas dezesseis edições do evento e o próximo está previsto para acontecer em 2024. Algumas edições do Slet como as de 1938 e 1948 tiveram uma grande importância histórica e demostraram uma maestria na apresentação de coreografias com grandes grupos. Nessa parte teórica do curso, apresentaremos a história de como esse movimento se iniciou, como está organizado e quais são os processos criativos por trás das apresentações coreográficas com grandes grupos. Na parte prática, nos reuniremos e faremos uma jornada pela ginástica tradicional da SOKOL até os jogos realizados com alguns equipamentos não convencionais. Aprenderemos algumas das coreografias do "Slet" e rotinas rítmicas iniciais. Prepare-se para se mover, rir e até mesmo participar de um jogo da memória!

Ms. Martin Chlumsky

Primeiro vice-presidente da Organização Tcheca Sokol desde 2013.  Diretor da Escola Central da Sokol desde 2013. Professor de Ginástica Para Todos, Jogos e Brincadeiras na Organização Tcheca Sokol. Responsável pelo desenvolvimento de cursos educacionais Palestrante no Congresso Be Active/Move Quality na Bulgária em 2015. Co-autor e coreógrafo de 2 apresentações de grande área no Slet de 2006 e 2012. Membro desde 2013 do subcomitê de Esporte Para Todos no Comitê Olímpico Tcheco.